AgroValor Publicidade
Agro&cultura

Falar de um sonho não é tarefa tão simples, pois a possibilidade de não realização assusta e me faz covarde.

Sou neta de agricultores e desde pequena vejo a luta dos meus avós para cultivar suas terras secas que, vez ou outra, se tornam férteis – muitos agricultores só têm um pedacinho de chão.

Desde menina ouço falar em fazendas, mas as grandes fazendas eu só vi nas novelas. Se eu pudesse ter uma bem grande ela seria tão bela quanto as que eu vi na televisão.

Na fazenda dos meus sonhos eu teria muitas vacas que produzissem bastante leite com o qual faria o queijo e a manteiga. Plantaria árvores, como o cajueiro e o coqueiro. Do caju seria produzido o doce e também o próprio suco.

Compraria tratores de última geração para preparar a terra antes do plantio. Perfuraria poços profundos para abastecimento da fazenda e também da comunidade onde ela estaria situada. Reservaria uma parte dela para ser aberta ao público local, onde poderiam fazer passeios e usufruir das coisas boas que teriam nela.

Procuraria ser o mais gentil possível com aqueles que eu contratasse.

Seria uma fazenda cuidadosa com o meio ambiente, evitaria queimadas e orientaria aos meus funcionários com palestras e cursos sobre o cuidado para com o meio ambiente.

Sei que não seria fácil, mas a fazenda dos meus sonhos seria um lugar de amor, paz e harmonia.

Mandaria construir uma bela e confortável casa com uma grande varanda onde eu me sentaria ao entardecer e, ao olhar o sol se pondo no horizonte, agradeceria a Deus por tão maravilhosa vida.

Mary Kévila Barroso Vital 
13 anos,
aluna do 8º ano do ensino fundamental,
da Escola Municipal Joaquim Juvêncio Sobrinho,
na zona rural do Paracuru (CE)

Redação vencedora do concurso cultural promovido pelo jornal AgroValor, com o apoio da Fazenda Libanus, município de São do Gonçalo Amarante (CE). O concurso faz parte do projeto “Minha Vida é no Campo”, cujo principal objetivo é a valorização da vida no campo, através de ações que apresentem perspectivas que ajudem a fixar as futuras gerações no campo, revertendo o quadro atual de êxodo rural.

Em sua primeira incursão, o projeto do jornal AgroValor contemplou os estudantes do 1º e 8º anos do ensino fundamental, da Escola Municipal Joaquim Juvêncio Sobrinho, localizada na zona rural de Paracuru (CE). Trinta crianças, com idade entre seis e 14 anos, participaram do concurso cultural promovido pelo jornal AgroValor, com desenhos e redações, com o tema “A fazenda dos meus sonhos”.

Após conhecerem as instalações da Fazenda Libanus e o funcionamento das atividades agropecuárias desenvolvidas na propriedade rural cearense, os estudantes almoçaram produtos cultivados na própria fazenda.

Os vencedores da melhor redação e do melhor desenho receberam, respectivamente, prêmios de uma coleção de livros e um kit para desenho e pintura. São eles: Mary Kévila Barroso Vital, 13 anos (melhor redação) e Marcus Vinícius Oliveira Brito, 6 anos (melhor desenho).

Sistema AgroValor de Comunicação

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design