AgroValor Publicidade
Agro&cultura

Por Rafaele Esmeraldo

O Maciço de Baturité, localizado no sertão central cearense, é composto pelos municípios de Pacoti, Palmácia, Guaramiranga, Mulungu, Aratuba, Capistrano, Itapiúna, Baturité, Aracoiaba, Acarape, Redenção, Guaiúba, Barreira e Ocara. A paisagem verde e o clima úmido fazem da região um dos destinos mais procurados para finais de semana. A temperatura anual varia entre 18ºC e 22ºC, contudo, nos meses de junho a agosto fica mais frio chegando até 13ºC. A sua natureza exuberante faz parte da Mata Atlântica, Área de Proteção Ambiental (APA), o que faz a região ser bastante apropriada para o ecoturismo.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pacoti (Acep), Francisco Astélio Barros da Silva, relata: “O crescimento de pessoas vindo morar no Maciço de Baturité tem aumentado devido a fatores como qualidade de vida, segurança e clima, seja de Fortaleza e cidades próximas mais quentes ou até de fora do Brasil como espanhóis, ingleses e japoneses”.

O turismo na região é muito ativo, principalmente no inverno. A cidade de Guaramiranga, por exemplo, destaca-se pelo Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga, evento de nível mundial, e pelo Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga, que deu um glamour à cidade. Desta forma, a gastronomia tem crescido a cada dia, dando lugar, além da regional, para as culinárias inglesa, alemã e francesa. Um dos seus pontos fortes é a produção do café sombreado – criado, colhido e plantado na sombra. Todos os finais de semana têm atrações musicais e feirinha cultural. Vale ressaltar também a beleza das cachoeiras próximas do município, assim como o Parque das Trilhas que proporcionam um turismo de aventura e o Museu do Parque Handara, com atrativos voltados para família como rapel, tirolesa, bang jump e um espaço dedicado à história do engenho. Sem falar no Pico Alto, local de maior altitude no Maciço de Baturité com vista panorâmica. Quem visita Guaramiranga ainda pode conhecer o teatro Rachel de Queiroz e visualizar casas seculares.

Já Pacoti, favorece em seu calendário o carnaval tradicional, com desfile de marchinhas e pequenas micaretas. As festas regionais também são fortes na cidade. A sua natureza exuberante chama atenção com as vistas de Rolador, Areias e Pedra Aguda de Aracoiaba. A cachoeira da Veada é um ponto bastante visitado. Na mata local encontram-se raros animais como pássaros, veados e quandus . Um dos pontos históricos de Pacoti é o Sitio São Luis, uma casa tombada centenária. Também existe um cenotáfio erguido por um comendador em homenagem à sua esposa que morreu no local.

A culinária de Pacoti é toda regional, também com influência internacional. Quanto ao lazer, os visitantes podem desfrutar da cavalgada, pedalinho, charretes e escalada. Sem falar na floricultura que é forte na exportação. O Chalé Nosso Sítio é o maior hotel da cidade, sendo assim o maior empreendimento turístico. Um restaurante bastante frequentado é a Budega do Astélio, localizada na entrada do hotel.

Por sua vez, a cidade de Mulungu é um município que se caracteriza pela regionalidade na sua culinária e cultura. Os hotéis mais famosos são o Hotel Alemão, Hotel Lar Doce Vida e o Hotel Léreve.

___________________________

Significado dos nomes

Guaramiranga: vem do Tupiguará (vermelho) e miranga ou piranga (garça), significando pássaro vermelho;
Mulungu: denominação de uma árvore leguminosa;
Pacoti: nome do rio que nasce ao extremo sul da Serra de Baturité e banha o município.

Foto: Divulgação
 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design