AgroValor Publicidade
Agro&cultura

por Rafaele Esmeraldo

A literatura infantil brasileira é representada por personagens que refletem as origens da nossa cultura. De Monteiro Lobato, com a sua tradicional turma do Sítio do Picapau Amarelo, ao fenômeno digital Galinha Pintadinha, da dupla Juliano Prado e Marcos Luporini, e, entre ambos, o Chico Bento, de Mauricio de Sousa, o campo serve de inspiração e cenário.

A especialista em literatura luso-brasileira e poetisa cearense, Révia Herculano, explica: “Todos os personagens dos autores, sejam humanos ou animais, emanam do nosso cotidiano. São lendas, fábulas e tradições populares que chegaram à nossa cultura por meio da oralidade e se transformaram, com a habilidade e a criatividade, em belíssimas obras. Por ter uma grande variedade de fauna, flora, raças e costumes sobram, no Brasil, cenários e motivos para histórias infantis admiráveis”.

O Sítio do Pica Pau Amarelo, de 1921, foi a obra de maior destaque de Monteiro Lobato, um marco na literatura infantil brasileira. A propriedade localizada em Taubaté (SP), com árvores frutíferas, cafezais, pastos e cocheiras, foi onde o escritor passou sua infância, brincando no casarão e entre as árvores centenárias. Esse cenário inspirou Lobato a criar as inúmeras histórias dos personagens Emília, Narizinho, Pedrinho, Vovó Benta e Tia Anastácia.

O personagem Chico Bento nasceu em 1961 (lançado no ano seguinte) das observações do seu criador, o cartunista Mauricio de Sousa, junto ao homem do campo. O nome “Chico”, ele tomou emprestado de um tio-avô, sobre o qual ouviu muitas histórias engraçadas, contadas por sua avó “Dita”, também retratada nos quadrinhos do Chico. O personagem é o típico caipira que anda de pé no chão, usa chapéu de palha e toca modas de viola. Chico Bento faz parte do universo da Turma da Mônica.

Na era da Internet, surge a Galinha Pintadinha, dos publicitários Juliano Prado e Marcos Luporini, em vídeo no canal YouTube. “Empolgados com o sucesso, o vídeo se transformou em um projeto que tem por principal objetivo o resgate e a promoção de canções infantis populares”, conforme o site oficial do fenômeno, que conquistou não só as crianças, mas também pais e avós.

 “A seu tempo, todas as obras têm o mesmo valor. A riqueza do texto de Monteiro Lobato é incomparável, dado ao tamanho dessa obra. A leveza e o teor contemporâneo de Mauricio de Sousa atingem maciçamente o público-alvo, e o dinamismo da Galinha Pintadinha mexe com a criançada através de um item praticamente esquecido: a simplicidade. A boa literatura infantil é aquela que faz sonhar e nesses três exemplos o sonho é a matéria-prima”, enfatiza Révia. Ela afirma que a fantasia – e tudo o que é encantatório – jamais mudará no imaginário infantil. O que chega às novas gerações vem revestido do requinte da tecnologia, mas a essência permanece.

SERVIÇO

Museu Monteiro Lobato
O Sítio do Picapau Amarelo, em Taubaté (SP), pode ser visitado gratuitamente. Para mais informações: 
http://museumonteirolobato.com.br/

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design