AgroValor Publicidade
Agro&cultura

por Wescley Gomes*

Já dizia o poeta e filósofo da Roma antiga, Horácio Flaco, que “o vinho revela os sentimentos”. E quando um passeio às vinhas vai além da demonstração de emoções e passa a envolver os cinco sentidos (visão, audição, paladar, tato, olfato), transformando o ato da degustação de vinho em uma viagem histórica, cultural, cheia de tradições e encantos?

A essa prática, chamamos de enoturismo. Provavelmente muitos já ouviram falar, mas poucos tiveram a experiência. Rotulá-la simplesmente de ‘turismo do vinho’, no entanto, seria redutor. É bem mais do que isso, o vinho é só um pretexto, pois a verdadeira motivação está nas tradições, nas histórias contadas e na cultura das localidades que produzem a bebida. É uma viagem completa, envolvendo hospedagem, gastronomia e muita diversão.

As experiências que o enoturista leva na bagagem são mais valorosas que a materialidade de um souvenir local. Ao adentrar no mundo fantástico das vinícolas, o turista utiliza de sua visão para se encantar com a cor da bebida, a audição para ouvir as histórias locais e o tilintar das taças, o olfato para sentir o aroma que exala das garrafas e das adegas, o paladar para degustar o néctar dos deuses e o tato para sentir a textura, o formato dos recipientes e a consistência do líquido.

No Brasil, o enoturismo ainda é jovem, mas apresenta um potencial turístico de gente grande. O vinho nacional tem crescido em sua complexidade, o interesse do brasileiro pela história que há dentro de cada garrafa e a vontade de conhecer os locais nos quais é elaborado se intensifica. 

O clima da Campanha Gaúcha, na fronteira com o Uruguai, favorece a vinicultura. A vocação natural da região juntou-se à determinação de Gabriela Pötter, diretora técnica da Guatambu Estância do Vinho, em Dom Pedrito (RS).

Segundo Gabriela, a relação entre o turismo e a vitivinicultura possibilita e afiança o desenvolvimento e a dinamização dos espaços rurais de forma inovadora, mesmo com a prática ainda em construção no país. “Para o mundo rural, o enoturismo surge como um novo fôlego, já que há uma crescente procura de tranquilidade e paz que o campo, por oposição à cidade, parece poder oferecer. Talvez por isso a maioria dos destinos enoturísticos seja rural”, afirma ela, observando, no entanto, que a prática também pode contemplar espaços urbanos, “e nem por isso deixa de ser enoturismo. Da mesma maneira, o enoturista não é, necessariamente, um consumidor de vinhos, ele é interessado na produção e cultura, que poderá se tornar consumidor”, completa Gabriela.

O ambiente requintado, moderno, cheio de charme e estilo da vinícola de Dom Pedrito apresenta ao visitante a cultura da região do Pampa, oferece degustações de vinhos e refeições harmonizadas com a bebida. “Ao que parece, a modernidade reivindicou este fenômeno, ainda que a sua origem possa ser encontrada nas práticas romanas. No enoturismo, a promoção do encontro entre o antigo e o moderno é igualmente um retorno ao passado”, conclui Gabriela.

SERVIÇO

Guatambu Estância do Vinho
BR-293, Km 265 (a 76 km de Bagé) Dom Pedrito (RS) Região da Campanha Gaúcha 
(53) 3243 3295 / 9997 9016
visita@guatambuvinhos.com.br

........................................................................................................................................................................................................

COLHEITAS DO VALE

Aproxima-se o período de colheita da uva no Brasil, que vai do final de janeiro a meados de março. As festas da vindima do Vale dos Vinhedos reúnem grupos musicais e a comunidade local para comemorar a abertura oficial do período da colheita. As festas não têm data fixa, pois dependem da safra que, por sua vez, depende das condições climáticas. Mas acontecem sempre entre o final de janeiro e o início de fevereiro. O Vale dos Vinhedos fica localizado na Serra Gaúcha, entre os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, que possuem desde adegas familiares a vinícolas de grande porte.

www.valedosvinhedos.com.br

*Estagiário AgroValor

Fotos: Arquivo pessoal/divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design