AgroValor Publicidade
Agro&cultura

da Redação

Marcada para o dia 12 de novembro, uma quarta-feira, às 19 horas, no tradicional restaurante Cantinho do Frango, em Fortaleza, a tão esperada estreia do evento Agrosabor, que promete reunir apreciadores, previamente selecionados, da boa mesa e do destilado genuinamente brasileiro. De acordo com os organizadores do evento, o Agrosabor contempla dois momentos distintos e marcantes. O primeiro, com oficinas práticas, workshops e degustações de pratos feitos com produtos premium Granja Regina, seguido pelo 2º Desafio Top Mundial da Cachaça, momento em que a cearense Cedro do Líbano Extra Premium ‘desafiará’, às cegas, algumas das melhores cachaças do país. Para Rodrigo Bitar, diretor comercial e de marketing do Sistema AgroValor de Comunicação, promotor do evento, “o Agrosabor tem o propósito de evidenciar a qualidade de produtos cearenses [cachaça artesanal de alambique e produtos premium de proteína de frango] que se destacam dentre outras marcas já estabelecidas no mercado”.

Primeira atração
O pontapé inicial será dado pelo renomado chef paulista Felipe Cilli, colunista do jornal AgroValor (coluna Agrosabor) e do programa “Mulheres”, da TV Gazeta, de São Paulo, que elaborará in loco pratos e receitas publicadas anteriormente na seção gastronômica do jornal AgroValor. Cilli utilizará, exclusivamente, produtos premium da empresa cearense Granja Regina, a serem degustados pelos seletos convidados presentes. A gerente de marketing da Granja Regina, Rafaele Zanita, destaca a importância do 1º Agrosabor para a empresa parceira do evento: “Vamos poder mostrar o diferencial dos nossos produtos, que são desenvolvidos especificamente para o paladar cearense”.

Segunda atração
Na sequência, acontecerá o 2º Desafio Top Mundial da Cachaça. Como aconteceu na edição anterior, em 2013, a cachaça artesanal de alambique Cedro do Líbano, irá desafiar, mais uma vez, as melhores cachaças do Brasil. No evento do ano passado, a Cedro do Líbano foi a grande vencedora, concorrendo com quatro das melhores cachaças artesanais de alambique do país, conforme o ranking 2013 da revista Playboy. Com o objetivo maior de mostrar a excelência sensorial da cachaça, o workshop terá a apresentação do cachacier paulista Maurício Maia, que destacará as privilegiadas informações sobre o produto, ou seja, desde o cultivo da cana-de-açúcar, armazenamento e técnica, até a arte de produção com o objetivo de atender aos paladares mais exigentes. Isso tudo para mostrar, aos jurados, detalhes sobre a arte e a técnica de degustação de cachaças artesanais de alambiques, para que eles tenham melhores condições de apreciação e decisão, já que Maia é um especialista e conhecedor profundo no assunto. Na ocasião, os avaliadores também tomarão conhecimento sobre a estrutura e características químicas e organolépticas da bebida, como cor, aroma e sabor.

A seleção das “desafiadas”
Maia conta como planejou o novo desafio de Fortaleza. “Para o 2º Desafio Top Mundial da Cachaça, imaginamos uma nova forma de selecionar as cachaças desafiadas. Durante 45 dias, diversos especialistase aficionados convidados enviaram o nome dascinco cachaças que, em sua opinião, poderiam ser classificadas entre as melhores do país. Os votos foram tabulados e as quatro cachaças mais citadas carimbaram seu passaporte para Fortaleza. O critério de desempate – tivemos três empates – foi a sua colocação no I Ranking da Cúpula da Cachaça, o maior e mais abrangente ranking de cachaças já realizado no país”. Eis as selecionadas para participar do 2º Desafio, em Fortaleza. ( Ver quadro abaixo).

Às cegas
O momento da degustação da cachaça é o mais emocionante, conforme a opinião de quem já participou. “É feita às cegas, ou seja, o jurado não toma conhecimento da marca e de nenhuma informação do produto a ele servido”, declara o cantor e compositor Raimundo Fagner, grande apreciador do bom destilado brasileiro. Por falar em jurados, o grupo seleto contará com a presença de conhecedores do assunto e formadores de opinião, como jornalistas, empresários, artistas, donos de restaurantes e chefs de cozinha. O produtor da desafiante Cedro do Líbano, Antônio Bitar, proprietário da Fazenda Libanus, acredita que o 2º Desafio Top Mundial da Cachaça “vai reforçar os novos conceitos de apreciação da cachaça, hoje já comparada aos melhores destilados do mundo, como o bourbon, o uísque, o rum ou o conhaque, confirmando sua posição de bebida gourmet”.

Posição       Cachaça                             Total de votos               Ranking da Cúpula
                                                                da Cachaça

   1°             Vale Verde 12 anos                       4                                       1º
   2°             Anísio Santiago                           3                                       5º
   3°             Leblon Signature                         3                                      6º
                   Merlet 
   4°             Weber Haus Amburana               3                                    29º

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design