AgroValor Publicidade
Agropecuária

O estado do Mato Grosso do Sul registrou um caso de raiva humana, depois de 21 anos sem ocorrências, e o paciente, de 38 anos, está em estado grave no Hospital da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. De acordo com os médicos, o homem foi mordido há mais de 40 dias por um cão infectado com raiva e só procurou atendimento médico no último dia 13/4.

O caso aconteceu em Corumbá, no interior do estado, e ele foi transferido para o hospital universitário, na capital, Campo Grande, diagnosticado com a doença. Este é o primeiro caso de raiva humana no estado, desde 1994. Segundo informações do hospital, a equipe aguarda a chegada de medicamento que vai ser enviado de Brasília para Campo Grande, na tentativa de reverter o quadro do paciente que está em coma induzido, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Corumbá vive um surto de raiva animal e a Secretaria de Saúde Municipal intensificou ações de combate à doença, reforçando o alerta à população, para não deixar cães soltos pelas ruas da cidade. Ainda segundo a secretaria, a cidade está com nove casos confirmados de raiva canina e o Centro de Controle de Zoonoses trabalha em regime de plantão para vacinação e captura de animais com alterações neurológicas. Há plantão também de médicos veterinários.

(AGÊNCIA BRASIL)

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design