AgroValor Publicidade
Agropecuária

A Embrapa Caprinos e Ovinos realiza, no dia 17, às 10 horas, na sua sede em Sobral (CE), solenidade para inauguração oficial de laboratórios do Núcleo de Bioeficiência para Produção Animal na Caatinga e no Semiárido e das instalações do Núcleo de Treinamento e Capacitação (Nutec). Os novos laboratórios permitirão o avanço em pesquisas sobre temas como o melhoramento genético de plantas forrageiras para o semiárido, assessoramento para produtores rurais sobre alimentação de caprinos e ovinos, eficiência alimentar dos rebanhos e recuperação de solos degradados. Já o Nutec é um espaço destinado à capacitação de estudantes e técnicos sobre práticas de manejo de rebanhos e convivência com o semiárido.

Na solenidade, também serão apresentadas três tecnologias voltadas para facilitar o acesso a práticas que garantam melhor qualidade para a produção de carne e leite. São eles: o Kit Embrapa de Controle de Verminose, o Kit Embrapa de Ordenha Manual para Caprinos Leiteiros e o Kit Embrapa para Seleção de Cordeiros para Terminação. Todos eles reúnem ferramentas de baixo custo para garantir vantagens como o controle sanitário da produção e o acesso a mercados mais amplos e, ainda em 2015, chegarão a técnicos e produtores rurais por meio dos programas Rota do Cordeiro e Brasil Sem Miséria. Ainda no dia 17, será assinado convênio da Embrapa com o Governo do Estado do Ceará para programas de transferência de tecnologias em arranjos produtivos no estado.

“Com a nova estrutura, as ações de transferência das tecnologias e os novos convênios, a Embrapa Caprinos e Ovinos terá consolidado um processo de renovação, com o objetivo de ampliar a capacidade de resposta aos desafios do espaço rural brasileiro”, avalia o pesquisador Evandro Holanda, chefe-geral da Unidade. Nos últimos seis anos, foram investidos R$ 22,7 milhões em obras e equipamentos para aperfeiçoar a capacidade de análise laboratorial, de acordo com demandas do setor produtivo, e dar melhores condições de trabalho aos empregados.

Inauguração
O Núcleo de Bioeficiência para Produção Animal na Caatinga e no Semiárido é um complexo formado por cinco laboratórios: Nutrição Animal, Solos, Forragicultura, Respirometria e Eficiência Alimentar, sendo os dois últimos novas estruturas que serão oficialmente inauguradas no dia 17. Também compõem o Núcleo, um galpão de apoio e uma casa de vegetação, recentemente reformada. Atuando de forma integrada, estas estruturas permitirão avanços em pesquisas para o desenvolvimento de plantas forrageiras melhoradas para as condições ambientais de semiárido; para a recuperação de solos degradados, incluindo o teste de fertilizantes resultantes da compostagem de carcaças de caprinos e ovinos; para avaliar o desempenho nutricional de animais, ajudando produtores a selecionarem os melhores alimentos e os animais que têm mais eficiência ao se alimentar, para orientar ações de melhoramento genético; para desenvolver um futuro sistema de assessoramento nutricional, que possa orientar produtores na composição de dietas a partir da análise de fezes de animais.

Com o Núcleo de Bioeficiência, a Embrapa espera inovar em tecnologias que garantam também a segurança alimentar de rebanhos no semiárido, uma vez que a alimentação de animais pode representar até 75% dos custos de produção de caprinos e ovinos. A capacidade de análise dos laboratórios também traz à empresa um potencial para assumir posição de destaque na pesquisa de pequenos ruminantes nos trópicos e, principalmente, em regiões áridas e semiáridas.

O Núcleo de Treinamento e Capacitação (Nutec) já está em funcionamento desde 2014, com objetivo de capacitar pessoas, de modo a formar agentes multiplicadores que possam adequar as soluções tecnológicas da Embrapa à realidade das suas comunidades rurais. O Nutec já formou turmas de estudantes em cursos de formação complementar de técnico em agropecuária, oriundos de escolas profissionalizantes (em parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Ceará) e da Escola Família Agrícola Dom Fragoso, de Independência (CE).

Novas parcerias
Também na solenidade do dia 17 de abril, será assinado convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, por meio do projeto Paulo Freire. A Embrapa prestará suporte técnico para intercâmbios, validação e transferência de tecnologias e implantação de unidades de aprendizagem relacionadas a serviços ambientais e ao manejo sustentável da caatinga.


(FONTE: EMBRAPA CAPRINOS E OVINOS_SOBRAL/CE) 
 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design