AgroValor Publicidade
Agropecuária

A existência de mais de 500 micotoxinas diferentes, responsáveis pela redução da eficiência produtiva dos animais, torna o controle desse problema um desafio para os produtores de gado de corte. O risco é ampliado na criação emconfinamento, na qual o gado costuma ter uma dieta 70% à base de grãos, o que eleva a exposição à contaminação. A utilização de adsorventes com uma ampla rede de carboidratos capazes de restringir estas micotoxinas está entre as alternativas para proporcionar melhor desempenho do rebanho ao reduzir o contato do gado com as micotoxinas.

No último ano, uma pesquisa apontou que os alimentos para o consumo animal estão contaminados, em média, por sete micotoxinas diferentes por amostra. O estudo foi feito por empresa referência em nutrição animal (Alltech), que analisou mais de 500 amostras na América Latina. Em razão dessa particularidade na dieta da criação em confinamento, a utilização de adsorventes no tratamento pode ser um recurso economicamente viável, de acordo com o gerente do Programa de Gestão de Micotoxinas da Alltech para a América Latina, Camilo Beck. “Pesquisas realizadas na área de nutrição apontam para a eficiência na aplicação desse recurso às dietas. Sendo que os animais tratados com adsorventes apresentam desempenho superior aos alimentados com grãos contaminados”, destaca. 

No mercado, há várias estratégias disponíveis para o combate às micotoxinas, que permitem ampliar a rede de carboidratos funcionais de um produto, que, por consequência, aumentam o espectro de adsorção. “Através da ampliação da rede de carboidratos funcionais, conseguimos aumentar a concentração e os tipos de carboidratos insolúveis por quilo de produto, com reflexos positivos em relação à capacidade de redução do risco equivalente total do alimento”, aponta Beck.

As informações foram tema de palestra durante o 10º Encontro de Confinamento e Gestão Técnica Econômica, realizado em Ribeirão Preto (SP), no início de março.


(FONTE: CENTRO DE COMUNICAÇÃO)

 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design