AgroValor Publicidade
Agropecuária

Por Eliane Silva, de Ribeirão Preto (SP)

"É o momento de olhar o Brasil que dá certo." A frase do deputado federal gaúcho Jerônimo Goergen, representante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), se referindo aos bons resultados do agronegócio, deu o tom dos discursos na abertura da 23ª Agrishow na manhã dessa segunda-feira (25/4), em Ribeirão Preto (SP), que teve a participação do governador paulista, Geraldo Alckmin, e do ministro da Defesa, Aldo Rebelo, além de dezenas de políticos e representantes da cadeia do agronegócio.

Pouco aplaudido, Aldo Rebelo, único representante do governo federal na cerimônia, tentou afagar o ego da plateia ao lembrar que agricultura e pecuária tem carregado nas costas a balança comercial brasileira. Na única referência à crise que o país atravessa, o ministro disse que o país tem todas as condições de superar as dificuldades do atual momento com o mesmo espírito que tem marcado o setor agropecuário.

Alckmin, que teve o início de seu discurso atrapalhado por dois manifestantes com cartazes lembrando o escândalo da merenda escolar no estado de São Paulo e a falta de reajuste dos professores, disse que a Agrishow é exemplo de sucesso no momento em que a economia do país derrete e que o setor agropecuário é o que tem segurado o emprego. O governador afirmou ainda que o país precisa de reformas estruturais, uma política fiscal mais dura e mudar a cultura de que o governo tem que bancar tudo.

A cerimônia foi comandada pelo presidente da Agrishow, Fábio Meirelles, que parabenizou os organizadores da feira por melhorias na infraestrutura, "apesar das gravíssimas questões políticas que nos envergonham". O presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Gustavo Junqueira, disse que o agronegócio tem mostrado ser maior que o governo. "O que nos falta é segurança jurídica para diminuir os riscos da atividade."

Carlos Pastoriza, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), afirmou que os recursos para o crédito rural nesta feira estão garantidos, mas a preocupação atual do setor é com o novo Plano Safra, que deve ser anunciado até 30 de junho. "Sabemos que o Plano está pronto e só espera a chancela do governo."

A 23ª Agrishow vai até sexta-feira (29/4). A expectativa dos organizadores é repetir os números do ano passado, quando a feira recebeu 160 mil visitantes e fechou 1,9 bilhão em negócios.

Foto/legenda: Presidente da Agrishow, Fábio Meirelles, discursa na cerimônia de abertura da Agrishow 2016. Ele elogiou as melhorias na infraestrutura da feira (Foto: Pierre Duarte)

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design