AgroValor Publicidade
Agropecuária

A seca deve continuar em toda a região Sul nos próximos dias. Uma grande massa de ar quente e seco tem impedido a formação de nuvens carregadas. São esperadas chuvas mais intensas apenas na madrugada de sábado (11/5) e domingo (12/5), com a chegada de uma frente fria mais intensa. As precipitações podem variar entre 10 milímetros e 30 milímetros, com ligeira queda de temperatura.

 

A partir do domingo à noite e da segunda-feira (dia 13), a previsão é que não se formem novas nuvens no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, com o deslocamento do corredor de umidade para o Sudeste. Em São Paulo e outros Estados da região, deve chover no início da próxima semana, por volta dos dias 13 e 14.

No Sul, onde há mais necessidade umidade para as lavouras, o tempo continua seco pelo menos até a terceira semana de maio. Até lá, os agricultores da região devem observar redução do potencial produtivo da safrinha de milho. Em Maringá (PR), não chove há pelo menos 40 dias. A estimativa de produção no Paraná já foi revista para 80 sacas por hectare, cerca de 20% a menos da previsão inicial.

A partir do dia 21, há mais possiblidades de ocorrência de chuvas na região Sul. “O problema é que cerca da metade do milho cultivado nessa parte do país está em floração e a falta de água pode comprometer a produtividade”, diz João Castro, meteorologista do Climatempo.

Fonte: Globo Rural
Foto: Divulgação

 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
WSete Design
Av. Desembargador Moreira, 2001, SL 307 Fortaleza/CE
CEP 60.170-001
Central de Relacionamento
AgroValor contato@agrovalor.com.br
Copyright © 2006-2019
WSete Design