AgroValor Publicidade
AgroValor

Por Angelo Tomasini

O cavalo Quarto de Milha, natural dos EUA se tornou uma das principais raças em atividade no Brasil. No Nordeste do país, a história dela está intimamente ligada à do Haras Passira, de Ismar Amorim.

A criação iniciada em 1980, em Pernambuco, hoje é referência também fora do estado. Segundo o proprietário, o gosto pelos cavalos veio desde a infância, quando aos quatro anos montou um Crioulo Nordestino, presenteado pelo pai. Depois de se aventurar em vaquejadas (de 1968 a 1972), decidiu ser criador. “Anos depois, chegaram em Pernambuco os primeiros QM, origem do King Ranch [SP], numa época em que já não estava participando das corridas. Todavia, “pelo amor que sempre tive pelos esportes equestres e pelos atributos do cavalo QM, decidi criar essa raça que hoje é a responsável pelo renascimento e grandeza desse esporte nas regiões Norte/Nordeste”, afirma em tom saudosista.

Antes de escrever sua história nos equinos, a propriedade da família era dedicada à criação de bovinos da raça Gir. E tiveram êxitos que merecem ser destacados.  Primeiro exportador de tourinhos Gir da região Nordeste; Dez anos ininterruptos como melhor criador e expositor do Nordeste e 2° melhor expositor em uma Nacional em Uberaba (MG).

O nome
O nome do haras foi escolhido em virtude de ter iniciado a criação na cidade de Passira, no interior de Pernambuco. Após dez anos no local, as atividades foram transferidas para Gravatá, na região serrana. Segundo o proprietário, o clima foi um dos fatores, aliado à facilidade de acesso e proximidade dos principais centros hípicos do estado. Mais tarde descobriram que o significado do nome em tupi-guarani, era “lugar encantado”, o que os fizeram ter mais certeza da escolha.

E por falar em escolha, o haras foi uma decisão tomada em família. A ideia veio de Ismar, mas logo apoiada pela mulher Christina e pelos filhos Alessandra, Rodrigo e Eduarda. Hoje, 35 anos depois, todos estão ligados ao empreendimento, como faz questão de destacar: “Christina é uma esposa ajudadora que administra a casa sede. Rodrigo passou seis meses com Punk Carter, em Celina, no Texas, onde aprendeu a domar e trabalhar com potros para apartação e rédeas, tendo sido bicampeão Nordestino de Apartação. Alessandra administra o departamento financeiro e Eduarda é responsável pela propaganda, marketing e TI”.

Já sobre a rotina de criador, faz questão de falar que é sempre a busca pelo melhor, fazendo amizades, tentando cruzamentos perfeitos sem perder o cow sense, que segundo ele, é a maior virtude do QM. “O cavalo me deu tantas coisas boas, que o mínimo que posso fazer é tratá-lo com carinho e falar bem dele”, afirma. Entre os grandes destaques do plantel está Mean and Lean, nascido em 20 de janeiro de 1986, que produziu 09 descendentes com Registro de Mérito e 03 Superior, em oito anos.

Estrutura
Localizado a cerca de 80 km de Recife, e de fácil acesso, o haras ocupa urna área de 240 hectares, sendo 210 ha de pastagens, divididas em 20 piquetes e 6 maternidades. A água para os animais e para a plantação vem de 17 açudes-barragem, um deles com 8,5 ha de área e volume de 340 mil m3 de água. Os animais ficam acomodado em 46 baias, nos tamanhos 4x4m , 6x4m, 4x3m. Além disso, contam ainda com dois redondéis e uma pista.

Manejo e alimentação
Atualmente encontram-se no haras, cerca de 150 animais, criados em baias e a campo, sendo alimentados nos seus respectivos locais. A ração é servida duas vezes ao dia. Sempre às 7h00 e às 14h00. A dieta inclui feno Tífton, feno com melaço e ração completa balanceada com todos os suprimentos necessários. Os animais ficam nas baias até três meses, quando estão sendo preparados para leilão. Já quando estão em prenhez, são aguardados os 11 meses.

Os piquetes são compostos de e algaroba e capim. Já no que diz respeito à reprodução é feita a monta natural, sempre a partir de junho e outros procedimentos como inseminação e transferência de embrião. A equipe de profissionais é composta de domador, casqueador, tratorista, tratadores, vigilância, atendimento ao cliente e gerente, além de dois médicos veterinários. Além da vaquejada, o Haras Passira também oferece animais para trabalho, tambor e baliza e o turfe.

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design