AgroValor Publicidade
AgroValor

Olá, amigos!

Tenho o prazer de estar mais uma vez na maior exposição de zebuínos do mundo, a Expozebu, em sua 81ª edição [03 a 10 de maio]. Os números são expressivos, desde a quantidade de animais expostos na pista, no concurso leiteiro, aos resultados dos leilões.

Mais um ano eu tive o privilégio de abrir as vendas da exposição com o leilão virtual da Fazenda Santa Paula, do jovem criador José Naves, de família tradicional na raça Gir Leiteiro. Os números finais agradaram ao criador e ao mercado, pois a liquidez foi total e a média superior a R$ 20 mil.

O único remate da raça Guzerá foi o 9º Leilão Rainhas, que faturou R$ 822 mil, com média de R$ 34 mil, onde compradores brasileiros, mexicanos e colombianos adquiriram grandes matrizes.

As cotações mais expressivas, como sempre, ficaram com a raça Nelore. No Leilão Nacional, a média foi de R$ 185 mil. O Leilão Elo de Raça completou 25 anos e, mais uma vez, mostrou a sua força vendendo grandes matrizes. A recordista da noite foi Predileta da Santarém, filha de Basco de Naviraí e Grandiosa 9 de Marathai, arrematada pelo cearense Jaime Pinheiro, do Haras Vila dos Pinheiros (HVP), que pagou R$ 1,1 milhão por 50% do animal. Os 28 animais oferecidos atingiram o valor de R$ 6,3 milhões de faturamento.

Outra raça que vem fazendo bonito na pista e nos leilões é o Sindi. No torneio leiteiro, a fêmea Belga da Estiva, do criador Adaldio Castilho, bateu o recorde nacional de produção, atingindo 36,980 kg leite. No Leilão Essência, do mesmo criador, foi notório o crescimento expressivo em comparação ao ano anterior, atingindo média de R$ 48 mil nos 35 lotes licitados.

Apesar da queda de até 40% em alguns leilões, principalmente da raça Gir Leiteiro, em relação a 2014, a raça foi a que mais ofereceu animais em leilões nesta Expozebu. No concurso leiteiro mais uma vez o recorde de produção foi quebrado com a vaca Alma Viva FCD, do criador Pedro Passos. Essa filha do C.A. Sanção com Canastra TE de Kubera produziu 71,130 kg leite, ultrapassando em 0,537 g o recorde anterior.

O momento para o produtor de carne não poderia ser melhor, com preços expressivos na arroba do boi gordo influenciando toda a cadeia produtiva. Bezerros Nelore desmamados sendo vendidos a R$ 8,00 o kg, e cruzamento industrial Nelore/Angus atingindo R$ 9,80 o kg em leilões no Paraná e Mato Grosso do Sul. A tendência é de persistência nos preços, ainda mais agora com a notícia de que o Brasil poderá exportar carne in natura para os EUA. Vamos aguardar para ver os resultados.

Abraços.

 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design