AgroValor Publicidade
Economia

O choque do avanço da frente fria do Sul com a massa de ar seco e quente do Brasil Central provocou queda de granizo em várias cidades do sul de Mato Grosso do Sul e do norte do Paraná no início desta semana. O risco de novas ocorrências continua para parte do Sudeste e há previsão de geadas para o Sul nesta quarta, dia 27.

Noroeste do Paraná, alguns moradores relatam que o granizo era do tamanho de laranjas. Algumas cidades mais atingidas foram Paranavaí, Cianorte, Loanda, Planaltina do Paraná, Querência do Norte, Nova Aliança do Ivaí, São Carlos do Ivaí, Santa Cruz do Monte Castelo, Mariluz, Santa Isabel do Ivaí e Umuarama. No norte do Estado também foi registrada queda de granizo em Maringá, Londrina, Mandaguaçu, Itambé, entre outras cidades. De acordo com o Sindicato Rural de Londrina, os danos causados pelo granizo ficaram mais restritos às áreas urbanas.

– As lavouras pouco foram afetadas – diz Narciso Pessinati, do sindicato da cidade.

Em Paranavaí, os estragos relatados pelos moradores foram mais em relação a telhados quebrados das casas.

– Temos muitas pastagens, plantações de laranja e mandioca e, ao menos por enquanto, não há relatos de prejuízos graves – explica o secretário do Sindicato Rural de Paranavaí, Denis Gimenez.

Em Dourados, no sudoeste de Mato Grosso do Sul, as pedras de gelo tinham cinco centímetros de diâmetro. Como mais de 70% do milho já da região foi colhido, o granizo também não afetou diretamente as lavouras e o prejuízo foi urbano, segundo Luiz Carlos Calado, do Sindicato Rural da cidade.

Chuva

Esta frente fria já avança pelo Estado de São Paulo, e trouxe pancadas de chuva no litoral sul e Vale do Ribeira, bem como boa parte da faixa leste paulista nesta terça, dia 26. As condições de umidade do ar, ao menos já melhoraram.

Os maiores acumulados de chuva, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ocorreram Santa Catarina. Foram de 37 milímetros em Rio do Campo e 26 milímetros em Major Vieira. No Paraná, choveu 20 milímetros em Inácio Martins. Chegou a chover até mesmo em Cáceres, no sul de Mato Grosso, de forma bem isolada, por conta da umidade organizada pela frente fria no Sul.

Próximos dias

Nesta quarta, dia 27, a frente fria se afasta completamente da região Sul e o tempo abre em todos os Estados, por conta do fortalecimento de uma massa de ar de origem polar. Faz frio e há previsão de geadas, que pegam tanto a Serra e o planalto catarinenses como a Campanha, Serra, parte do centro gaúcho e Alto Uruguai.

Há risco de geadas para áreas produtoras de fumo, pastagens ou para milho instalado precocemente no Estado gaúcho. As temperaturas da tarde seguem amenas em Santa Catarina e no Paraná, mas ficam baixas no Rio Grande do Sul. No Sudeste, há risco de granizo no norte do Rio de Janeiro, na divisa com o Espírito Santo e a zona da mata de Minas Gerais nesta quarta, dia 27.

Fonte: Canal Rural
Foto: Divulgação

 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design