AgroValor Publicidade
Haras de valor

por Angelo Tomasini

Marcos Studart Gomes Lima, o ‘Marquinhos da Integral’, como é conhecido (em referência à sua empresa, Integral Mix), tem uma longa história no meio do cavalo. Segundo ele, a paixão por esses animais vem desde a infância. “Meu avô era um grande admirador do meio equestre e foi um grande incentivador. Tive os primeiros contatos com os cavalos ainda criança, no sítio da família”, relembra Marcos, que na época já fazia parte das provas de tambor e baliza e, mais tarde, seguiu para o turfe. Crescendo nessa seara, acabou enveredando pelo esporte, pelos negócios e também pelas instituições. Hoje, é presidente da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) e possui assento na diretoria do Jockey Club Cearense. 

Vaquejada
“Tenho alguns cavalos de cavalgada e, como amante do meio e um bom nordestino, sou incentivador do esporte vaquejada. Participamos de provas tanto no Jockey de Sorocaba como no Jockey Club Cearense”, afirma. Em razão desse fascínio pelo esporte, Marcos foi convidado a assumir a presidência da instituição nacional, ABVAQ, em um mandato que deve durar até outubro de 2015. “Não houve eleição para o cargo e sim uma sucessão planejada e pacífica”, explica. Segundo ele, a vaquejada é um esporte grandioso. O maior desafio enquanto associação, sem dúvida, é garantir que o esporte aconteça com o máximo de segurança aos competidores e de bem-estar aos animais envolvidos nos eventos. “Gostaria muito de ver a nossa vaquejada regulamentada em nível nacional para que esse esporte centenário e genuinamente nordestino seja reconhecido por sua importância cultural, econômica e social. Somente regularizando o esporte poderemos garantir o cumprimento de regras básicas para o crescimento e modernização da nossa vaquejada”, argumenta ele.

Negócios
Apaixonado por cavalos Quarto de Milha, os mais apreciados na vaquejada, Lima mantém um haras na região metropolitana de Fortaleza. “Não me lembro de uma época em minha vida na qual não esteja mais ou menos envolvido com cavalos. Motivado por essa grande paixão e vontade de participar do meio como criador, demos início ao projeto do Haras Integral Mix”, conta. No local, não é difícil perceber a paixão dos proprietários pelos cavalos. Fotos, esculturas e outros mimos remetem ao universo equestre, com destaque para o Quarto de Milha. Por lá, a produção chega a cerca de trinta potros por ano. “Temos dois garanhões chefes: Napoleon Sus, cujos filhos seguem, na sua maioria, para a modalidade de vaquejada; e Kas on Fly, nossa aposta para produzir potros de corrida”, explica. 

Hobby
O haras é tão importante para ele que, quando perguntamos sobre o que faz nas horas vagas, é categórico em afirmar: “Meu maior prazer é passar o final de semana no sítio [haras], na companhia da família e dos amigos”. E, por falar em família, eles também compactuam o mesmo sentimento pelo universo equestre. “A família é minha base. Sou casado [com Maria Helena] e pai de três filhos, sendo duas meninas e um menino. Todos compartilham do gosto e do prazer de fazer parte do mundo do cavalo”, orgulha-se. O filho pratica hipismo e também já é um iniciante na vaquejada. E as duas filhas curtem os passeios a cavalo.

Tradição familiar
A convivência de Lima com o ambiente rural, de certa forma, tem influência de seus antepassados, que foram os pioneiros, há quase sessenta anos, na avicultura no estado do Ceará, sendo atualmente os maiores produtores de frangos e ovos do estado. Ele, aos 35 anos, amante dos cavalos desde criança, não poderia ter direcionado a sua vida profissional para outro rumo que não o da agroindústria. É responsável há quatorze anos por uma das maiores empresas de nutrição animal do Nordeste, a Integral Mix, com sede em Fortaleza, sua cidade natal, e outra unidade em Paulo Afonso, na Bahia. A experiência no ramo industrial e no mundo dos negócios acaba ajudando também nas instituições em que atua como diretor. “Sem dúvida uma vivência empresarial ajuda do ponto de vista prático na definição das ações a serem tomadas pela associação, mas a dinâmica de aplicação da estratégia é completamente diferente em relação à forma que estou habituado a tocar os negócios”, finaliza.

 

Verbete

QUEM É
Marcos Studart Gomes Lima, 35 anos, natural de Fortaleza (CE), casado com Maria Helena e pai de três filhos.
O QUE FAZ
À frente de sua empresa de nutrição animal e de seu haras – onde cria cavalos Quarto de Milha –, ambos com o mesmo nome: Integral Mix. Presidente da ABVAQ e diretor do Jockey Club Cearense.
O QUE FEZ
Apaixonado por cavalos desde criança, fundou uma empresa de nutrição animal e um haras.

Foto: Arquivo Pessoal

 

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design