AgroValor Publicidade
Haras de valor

por Wescley Gomes*

Conhecida como um polo de criação de cavalos de corrida no Brasil, a cidade de Bagé (RS), localizada a 383 quilômetros de Porto Alegre, juntamente com alguns municípios em seu entorno, possui uma enorme concentração de criadores e alto nível de qualidade dos animais ali criados.

O patamar em que hoje se encontra a região gaúcha, mundialmente apontada pela excelência na produção dos melhores plantéis da raça Puro Sangue Inglês (PSI), está atrelado, principalmente, aos fortes investimentos de criadores instalados em outras regiões do país e ao seu contexto histórico, como revela o presidente da Associação Brasileira de Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida (ABCPCC), Sergio Coutinho. “Foi a partir do esforço de Totão e Mariano Raggio (criadores), na década de 1980 após instalarem seus haras, que foi permitido chegarmos ao patamar de qualidade e excelência de hoje, pois eles acreditaram na fertilidade da região. Vários outros criadores foram se instalando”, disse Coutinho, além de ressaltar outros aspectos colaboradores para a qualidade da produção na região. “Graças ao esforço e qualidade podemos dizer, hoje, que a mão de obra é excelente. E, sem dúvida alguma, a maior concentração de bons veterinários na área de criação e reprodução colaborou também para o desempenho produtivo”, completou.

Características
A região, localizada na rodovia RS-153, nos cinquenta quilômetros que separam Bagé de Aceguá, no Uruguai, possui características que ajudam não só na elevação da qualidade de matrizes produtoras, mas que chamam a atenção de criadores de cavalo de corrida europeus, como conta Coutinho. “O solo, apesar de ter profundidade pequena, é muito propício às pastagens, tanto que, além da criação de cavalos é possivelmente visível uma pecuária de corte desenvolvida e várias áreas de plantio de cereais. Isso salta aos olhos dos investidores. Por isso, hoje podemos afirmar que os melhores plantéis de Puro Sangue Inglês encontram-se em Bagé/Aceguá”, afirmou o presidente.

Padrão internacional
Segundo Coutinho, em vários pontos a região se assemelha a Kentucky, nos EUA, uma das mais famosas do mundo para a criação de cavalos de corrida, não só pelo solo pouco profundo, como também “pela alta concentração de animais, quantidade e qualidade de investimento. Esses quesitos em comum revelam nossas semelhanças e, sobretudo, nos permitem ter uma melhor qualidade e oferta de mão de obra qualificada.”

*Estagiário AgroValor

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design