AgroValor Publicidade
Haras de valor

por Rafaele Esmeraldo

Estamos cercados de riscos e isso faz parte da vida. Com os animais não é diferente. Quando se trata, então, de animais com elevados custos de manutenção, os chamados “de elite”, todo cuidado é pouco. Para que tais perdas não venham acompanhadas de sérios problemas financeiros é que existem os seguros, que cobrem o risco dos acontecimentos inevitáveis.

Os cavalos de elite, por exemplo, da mesma forma que os atletas de alto rendimento, devem ser bem preparados. Quando um cavalo alcança ótimos resultados nas pistas, seu dono tem lucro certo. Portanto, o fator físico e a estética do animal dependem do trabalho de uma equipe especializada que inclui ferradores, veterinários, tratadores e instrutores, ou seja, grandes gastos para o proprietário.

Ivo Roza Filho, 28, do Centro Hípico Harafah, em Fortaleza, comprova o nível de investimento na formação e manutenção de cavalos de elite: “Eles são usados em competições de premiação alta que são disputadas por profissionais. Assim como em outros esportes, quanto mais se exige do atleta, maiores são as lesões, cuidados e atenções demandadas. Os cavalos [atletas] precisam de maiores cuidados, como gelo após o trabalho, vitaminas especiais e trabalho de resistência pulmonar”.

Novo 

Como em qualquer outro investimento, é necessário que o criador de cavalos de elite busque um mínimo de garantia. O superintendente técnico da corretora cearense Bitar Brazil, Salvador Ferrari, chama a atenção para a importância do seguro de animais: “O seguro de animais, em especial no segmento de equinos, está entre o rol de ramos possíveis de uma modalidade securitária relativamente nova, se comparado aos demais ramos conhecidos, tais como vida, automóvel e residencial”, atesta Ferrari.

O segmento de seguros de equinos veio na esteira dos chamados seguros agrícolas e agropecuários, muitas das vezes, acompanhados da carteira do Seguro Rural. Esse ramo surgiu inicialmente como hobby, evoluindo naturalmente para ‘negócio’. Vale ressaltar, ainda segundo o superintendente, que embora a cultura securitária no referido segmento ainda seja muito incipiente, as seguradoras já descobriram a potencialidade do nicho e os proprietários de cavalos de elite estão se conscientizando cada vez mais da importância de prevenir e zelar pelo seu patrimônio.

Foto: Divulgação

comments powered by Disqus
 
INSTAGRAM
Rua Pinho Pessoa, 755, Fortaleza/CE
CEP 60.135-170
Central de Relacionamento
AgroValor (85) 3270.7650
Copyright © 2006-2014
WSete Design